domingo, 22 de maio de 2011

... e depois me diga! ( 1)

               " A mãe e a amiga estão no supermercado. Têm boa aparência e são bastante jovens.
            O filhinho de  dois anos, aproximadamente, está diante da gôndola do material escolar. Não pára de mexer e a mãe o repreende constantemente.
            O menino aponta:
-  Esse! Esse! Com o indicador mostrando  as massinhas para modelagem.
-  Não! Não pode! Não tem dinheiro!
          O menino chora e faz birra. A mãe tenta pegá-lo no colo, mas o garoto não aceita.
A mãe volta para sua conversa e ele para as massinhas.A mãe atenta à conversa não percebe que a criança está manipulando as embalagens e rasga  uma delas.
Quando vê o ocorrido, a mãe pega a embalagem rasgada e a esconde debaixo das outras. O menino chora e esperneia, se joga no chão!
A mãe, então, arranja o argumento de ouro:
-     Quer chipes, meu filho!
-     Não! Insistindo na massinha.
-  Vem cá filho, a mãe te dá chipes! Pegando o menino no colo.
A mão pega um pacote e põe na mão dele. O menino aceita e fica quietinho."

Um comentário:

  1. Olá companheiro de curso, vim te fazer uma visitinha e tive a honra de me tornar sua primeira seguidora! Vem me visitar tbém:
    http://cantinhodalucinha.blogspot.com/
    Até, Lucimeri

    ResponderExcluir